Archive for agosto \23\UTC 2011

O pélago

Quando respirei fundo senti que a dor ainda estava ali

Ainda latejava e fazia lembrar-me de tudo aquilo…

Apalpei a ferida e percebi quão profunda era.

Neste momento ao tentar entender o que aconteceu,

Ao tentar encontrar força para entender o lado bom daquilo

Percebi que apesar da profundeza e da dor e de todas as feridas,

Àquela era a única que restava.

Todas as outras já haviam cicatrizado embora ainda houvesse marcas.

Então respirei fundo mais uma vez,

E não sei se como um milagre

Pude perceber que aquilo já não era mais uma dor,

Mais uma lembrança que confiadamente fui aprendendo a conviver.

Mas ainda faltava algo muito mais profundo

Algo que me desse motivo para enxergar que as feridas sempre se cicatrizam,

Algo que me motivasse a respirar de novo sem medo de doer

… E era o meu coração dizendo mais uma vez para renascer.

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: